Para cultivar plantas em casa você não precisa ser um especialista, mas é interessante se aprofundar um pouco no assunto para garantir que erros bobos sejam cometidos. É certo que, para a maioria das pessoas, ambientes com plantas são muito mais agradáveis, alegres e têm um efeito terapêutico, sem mencionar o quanto embelezam e dão vida a qualquer lugar. Portanto, para desfrutar disso, é preciso ficar de olho em algumas dicas importantes.

É muito natural que pessoas que não estejam acostumadas a cultivar plantas por conta própria se encantem por vasinhos à venda em algum lugar e optem por levar para casa, somente para se desencantar dias depois, quanto a plantinha começa a morrer e parece que nada consegue desacelerar ou reverter esse processo. Ora, para quem gosta de plantas não há nada mais gratificante do que vê-las crescerem saudáveis, florescendo e dando ainda mais vida ao ambiente. Para que isso aconteça, é importante conhecer os erros mais comuns a fim de evitá-los. Aqui, separamos 5 para você riscar de seus hábitos e ver suas plantinhas crescerem lindas e cheias de vida.

Excesso de água

É mais comum que plantas morram por excesso de água do que por falta dela e isso acontece puramente por falta de informação. Em primeiro lugar, é preciso conhecer a planta para saber com que frequência deve ser regada. Em segundo, é preciso tocar o solo para conferir se ainda está molhado antes de regar. Plantas domésticas geralmente precisam de solo seco entre uma e cinco polegadas abaixo da superfície. Portanto, antes de regar confira com o dedo se o solo está molhado.

Folhas sujas

Plantas que habitam interiores acabam ficando longe dos ventos e da chuva, que são fundamentais para limpar a poeira de suas folhas e permitir sua respiração adequada. Portanto, cerca de duas vezes por mês essa função será sua! Você poderá executá-la com um borrifador ou um pano úmido, para assim manter sua planta longe de pragas e sujeira, respirando livremente.

Não considerar a natureza da planta

Se você quer que sua plantinha vingue, pense bem antes de comprá-la. Se você mora em um lugar quente, que possui muita incidência solar, considere comprar uma planta que tolera bem o calor. O mesmo vale se você mora em um lugar frio, com pouco sol: deve encontrar uma planta que resista ao clima frio.

Tratar a planta como um objeto sem vida

Este é um erro extremamente comum em pessoas que compram plantas ornamentais: acreditar que são um mero enfeite. Ora, plantas são seres vivos, possuem energia e até a gravidade afeta o seu crescimento. Se relegadas ao esquecimento, rapidamente morrerão. Pessoas que desejam enfeites apenas, mas gostam da beleza das plantas, podem apostar nas artificiais em vez de naturais.

Deixá-la em locais fechados o tempo todo

Locais sem entrada de ar podem se tornar nocivos à planta devido à presença de gases, fumaça e outras substâncias. É preciso deixá-la respirar ao ar livre, pelo menos em parte do dia. Sempre que possível, coloque-a em um local com temperatura ambiente e com presença de ar fresco e evite deixá-la perto de fogões, fogo, produtos químicos ou fumaça.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados