Plantas modificadas em laboratório são feitas com vários objetivos.

Muitos querem fazer com que a flor produza determinada substância para fazer infusões e incrementar dietas, ou até mesmo criar flores livres de pragas e bactérias para durarem mais e obter vantagem mercantil no comércio de flores.

Conheça agora a história das plantas modificadas em laboratório

plantas modificadas em laboratório

Há histórico de plantas modificadas em laboratório para não fabricar pólen e ser comercializada aos alérgicos que são amantes de flores.

É o caso do Gerânio fabricado na Espanha a partir de uma bactéria geneticamente modificada. Estéril, ele não fabrica pólen.

Mas até onde se sabe, como qualquer elemento natural geneticamente modificado, ele está passando por avaliação regulamentar e, portanto, ainda não é comercializado.

Não se sabe ao certo quando foi o primeiro caso de planta modificada em laboratório. Entretanto, o que chamou mais atenção foi a Suntory, rosa azul – que na verdade é meio arroxeada – criada no Japão em 2009. A Suntory conta até com uma página na internet para comercialização.

Ela chega a custar mais de R$ 50 reais por CADA flor. É vendida, especialmente, para festas de casamento e produtoras de festa de noivado, que são muito comuns entre os orientais ricos.  

Alguns, mais excêntricos e caprichosos, querem plantas modificadas em laboratório pelo afã de moldar desenhos e cores, de acordo com a sua preferência.

plantas modificadas em laboratório

Um destes casos emblemáticos são as Rainbow Roses, que não exatamente plantas modificadas em laboratório, mas são modificadas e isso divide opiniões.

Elas quais recebem corantes para dar rosas coloridas que lembram um arco-íris. Como a sustentação vem do talo, ela é dividida em vários canais. Estes, por sua vez, recebem corantes de diferentes cores. Quando dissolvidos na água, por meio de um processo natural, eles absorvem o líquido colorido e distribuem as cores pelas pétalas.

 

 


Você sabia que é possível enviar flores para quem está morando no exterior? A FloraWeb tem contato com floristas de mais de 160 países e possibilita a entrega de flores em todos esses locais, em até 48h! Estamos nas redes sociais e esperamos você no FacebookTwitter e Instagram.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados