Celebrado no Brasil sempre no segundo domingo do mês de agosto, o Dia dos Pais já ocorreu em diversos outros países ao redor do globo. Nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido (incluindo Inglaterra e Escócia), Japão, Índia, China, África do Sul, bem como em muitos outros países, foi celebrado no terceiro domingo de julho; na Alemanha, é celebrado sempre durante o chamado Dia da Ascensão – data protestante que celebra uma quinta-feira 40 dias após a Páscoa. Em Israel, a data para os pais é celebrada junto com o Dia dos Trabalhadores, em primeiro de maio; na Tailândia, uma monarquia parlamentarista, é celebrado junto com o rei em posse no momento.

Em 2014, de acordo com reportagens dos jornais The Times (Reino Unido), Los Angeles Times e Boston Herald (Estados Unidos) e The Nation (África do Sul), pôde ser notado uma nova tendência nos presentes entregues aos homens com filhos, em diferentes países dos hemisférios norte e sul. Em tempos de poder de compra em brando crescimento, e após as crises que abalaram salários e empregos em todo o mundo, há maior propensão pela escolha de presentes mais em conta, mudando o foco em itens mais caros como relógios de marca e viagens (antes os preferidos para a data em boa parte dos países) para lembranças mais simbólicas e de menor desembolso, como cestas gourmet. De acordo com pesquisa da Associação de Comerciantes Varejistas do Reino Unido, em 2014 as vendas destas cestas teve uma alta de 28% em relação à 2013 e superior à 176% (!) comparando-se com 2008. Nos Estados Unidos e Canadá, estimativas apontam para uma alta ainda mais sensível: 35% em comparação com 2013 e 214% quando a base é 2008, pré-crise das hipotecas norte-americanas.

Além desse aquecimento observado nas cestas de café-da-manhã, petiscos, chocolates e afins, outra tendência começa a ser imperativa no mercado para o Dia dos Pais. Em um contexto de forte crescimento dos pedidos de flores para homens casados ou com namoradas, o item que registrou maior crescimento nas vendas em países como Singapura, Estados Unidos, Taiwan e Austrália neste passado Dia dos Pais foram arranjos florais. Agora com a opção de buquês e vasos em cores mais sóbrias e reservadas, a categoria de produtos começa a ser vista por filhos e filhas com uma econômica e simbólica opção de presente, que sempre refletiu amor e carinho, e é o principal item de presente no anterior Dia das Mães. Nos EUA, o crescimento do mercado de flores para homens durante o Father’s Day foi superior a 5 vezes as vendas em volume durante o ano de 2008, de acordo com a Sociedade de Floristas Norte-Americanos (safnow). “Mais barato que os clássicos presentes para homens e mais significativo e belo, o que estamos observando desde meados de 2000 é uma mudança persistente e cadente no caráter dos pedidos para homens, com a opção pela flor sendo algo cada vez mais sólido, não apenas por motivos financeiros mas justamente por ser algo mais único e singelo” afirma Renato Sogueco, da safnow.

Quer dar um presente ao mesmo tempo único, especial e em conta para seu pai neste próximo segundo domingo de agosto? Conte com a FloraWeb! Entregamos em mais de 160 países e regiões ao redor do mundo, não cobrando frete nem taxas extras sobre os valores exibidos. Confira clicando aqui nossos catálogos com produtos que incluem cestas e arranjos de flores.

Fonte: The Times, Boston Herald, Los Angeles Times e The Nation South Africa.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados