Por conta da Pandemia do Coronavírus, estamos passando mais tempo em casa, e logo, prestando mais atenção nos detalhes do ambiente. Desde o ano passado a busca por “envio de flores” no Google duplicaram: estamos procurando mais forma de trazer alegria para dentro de nossas casas e fazer o mesmo para aquele amamos.

Mas isso não é apenas uma observação particular, é científico! Jeannette Haviland-Jones, professora de Psicologia e diretora do laboratório de emoções humanas da Universidade de Rutgers, em Nova Jersey , enviou três tipos de presentes para 147 mulheres distintas: um ramo de flores, uma vela e uma cesta de fruta. Pesquisadores disfarçados de entregadores analisaram a reação das mulheres, e a conclusão foi que todas as que receberam flores esboçaram o sorriso de Duchenne, um tipo de sorriso que conforme especialistas é um indicativo de alegria verdadeira.

 

Essa pesquisa nos inspira a pensar nas flores como uma maneira eficiente de alegar o dia de alguém que amamos, mesmo durante esse momento de isolamento, que vem se mostrado dificultoso para muitas pessoas. Ter que lidar com a solidão e a saudade pode ser difícil,  e enviar e receber flores com certeza é uma forma de aliviar as tenções em nossa volta.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados