flower power blog

Em meados dos anos 60, o Jazz já não era mais como no fim dos anos 40 e 50. Estava perdendo a força. O grande público estava de cara nova, com ideais novos, influenciados pelo que se passava ao redor do mundo, em especial nos EUA. Guerras, entre elas, ideológicas e culturais, estouravam a todo o momento. À medida que a situação fervia, grupos, encabeçados por jovens idealistas, criavam canções para falar da paz, da natureza e da proliferação libertária seja de expressão, amor, sexo ou comportamento. O Rock surge como novidade e como tendência fazendo com que grupos criassem o que ficou conhecido como o “Verão do Amor”, um psicodélico e efervescente comportamento gestual, carismático e alucinógeno.
São Francisco (EUA) se tornou o berço de bandas que comandaram a popularidade do rock e a essência da vida libertária. Bandas como The Mamas e The Papas, Jafferson Airplane, Big Brother and The Holding Company (banda que tinha Janis Joplin nos vocais), Creedence, Quicksilver e o músico Scott McKenzie, que popularizou o hit “San Francisco” (“Se você estiver indo à São Francisco/ Não se esqueça de colocar flores nos seus cabelos… Mesmo que custe uns minutinhos a mais na frente do espelho: coloque algumas flores em você.”) fizeram com que o sentido e a essência do rock fossem realmente percebidos.


Daí o emergente movimento chamado FLOWER POWER! (Flower Power – Força das Flores – um slogan usado pelos hippies dos anos 60 até o começo dos anos 70, como símbolo da ideologia da não-violência e de repúdio à Guerra do Vietnã. O termo foi utilizado pela primeira vez pelo poeta Allen Ginsberg em 1965). O movimento promovia a vida em comunidades, sem interesse em bens materiais e contra as armas nucleares. Assim, as músicas de várias bandas que freqüentavam quase que diariamente estas festas, se tornaram hinos do movimento. Uma das bandas que era figurinha carimbada em todas as festas era Grateful Dead.
O momento crucial do “Verão do Amor” foi o festival de Monterey em 1967, na Califórnia, EUA, no auge do Movimento Hippie. Festival que deu origem a um tipo de evento que se repetiria com freqüência ao longo dos anos, até a chegada do seu ápice, dois anos depois, em 1969, com o festival mais famoso do mundo, o Woodstock (sem entrar em detalhes, pois eu ficaria dias falando disso, vamos deixar para uma coluna especial). Woodstock se tornou o movimento mais essencial de todos os tempos em termos de pluralidade e diversidade cultural. Todos eram bem-vindos, todos curtiam as canções e suas mensagens sobre a paz e o amor, nada os deteria, nem mesmo qualquer exército ou governo.

flower power blg
Porém, quem matou a essência pacífica do rock, foi o próprio rock. Um festival paralelo ao Woodstock, promovido pela banda Rolling Stones em Altmond – Califórnia, reuniu aproximadamente 300 mil pessoas. Em meio a multidão, um cidadão puxa o revolver da cintura durante o show, foi esfaqueado e morto imediatamente. Acaba aí a inocência do Rock.

Fonte: O Tempo

Flores são um presente poderoso, cujo significado parece transcender qualquer coisa específica, tornando-se simultaneamente símbolo da paz, do amor e da fraternidade, em todo o planeta. Clique aqui e entregue com segurança e qualidade Flores e itens adicionais em mais de 160 Países, por meio da Especialista em Entregas Internacionais.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados