festa da flor fb

“Damos por adquirido que um evento desta natureza tenha um contributo direto e objetivo para a ocupação hoteleira e para o consumo e as receitas do setor na Madeira”, disse Conceição Estudante, durante a apresentação do programa da Festa da Flor, que decorre entre os dias 16 e 22 de abril.

A responsável explicou, no entanto, que não é feita uma campanha de promoção específica para a Festa da Flor, tendo em conta que a Madeira é um “microdestino no contexto mundial” e a sua divulgação “não pode nem deve ser feita em fatias”.

dia da flor fb vd

“A Madeira é um destino de ano inteiro, com determinadas características e com determinado calendário de animação. Não se faz uma campanha de promoção só para a Festa da Flor. Essa está enquadrada no conjunto”, salientou Conceição Estudante.

Para além do investimento público, o setor privado, em que se contam alguns hotéis, contribuiu com nove mil euros para a organização do evento. “Há uma componente pública da promoção da Madeira que tem um determinado valor e que terá de continuar”, disse a secretária do Turismo, realçando que a integração de verbas privadas nestes eventos ou nas políticas de promoção “irá seguir o seu trajeto, fruto das circunstâncias que forem sendo vividas no futuro”.

dia da flor

A organização da Festa da Flor envolve 3.150 pessoas, das quais 1.400 integram os nove grupos que participam no cortejo alegórico, no dia 19 de abril (domingo), que constitui o ponto alto do evento. O desfile vai percorrer as avenidas marginais do Funchal, terminando na Praça do Mar, perto do porto de cruzeiros. Outras 1.250 pessoas, sobretudo crianças, vão participar na construção do Muro da Esperança, no dia 17 de abril (sábado), no Largo do Município, no centro da cidade. O muro é feito de flores e simboliza uma mensagem de paz e esperança ao mundo.

Durante o período da festa, algumas ruas do Funchal serão ornamentadas com tapetes florais e estará aberto do Mercado das Flores. No Largo da Restauração será inaugurada a 60.ª Exposição da Flor e, ao mesmo tempo, é posto em marcha o projeto “Vamos Florir a Cidade”, que consiste num apelo à população e aos comerciantes para decorarem com flores as fachadas dos edifícios, as varandas, as montras e as entradas das casas e dos estabelecimentos.

Fonte: Noticias ao Minuto

A FloraWeb, com sua rede de floristas especializados em mais de 160 Países e Regiões, entrega em todo o território de Portugal, inclusive na Ilha de Madeira, com um catálogo exclusivo para a região. Para presentear no exterior com segurança e sem impostos extras ou as variações de câmbio, conte conosco: experiência comprovada desde 2000, sendo a Especialista em Entregas Internacionais! Clique aqui e veja nossos catálogos por local.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados