Em uma das cenas mais emocionantes de A Culpa É das Estrelas, os protagonistas Hazel (Shailene Woodley) e Augustus (Ansel Elgort) estão em Amsterdã e sentam em um banco da cidade para conversar. Ali, Augustus faz uma revelação para a namorada que dá início à choradeira que se estende até o final do filme. Com o sucesso da produção, o local começou a atrair turistas, que agora se frustram ao descobrir que o banco desapareceu.

Segundo o site da revista The Hollywood Reporter, o assento foi misteriosamente substituído por um enorme vaso de flores. Por ser muito parecido com outros bancos utilizados na cidade, não se sabe ao certo quando ele sumiu. O vaso não era qualquer um, porém: com detalhes em forma de coração e várias notas em holandês (onde lia-se “o amor prevalece” e “flores para quem ama”), as flores contidas pelo vaso eram plantas floridas como lírios, rosas, lírio-da-paz e begônias.


Stephan van der Hoek, porta-voz da cidade, confirmou o desaparecimento do banco e disse que o caso é um mistério. Uma das hipóteses é de que tenha sido levado por moradores para reparos ou para afastar a movimentação dos turistas. Também é possível que um fã tenha decidido guardar uma lembrancinha do filme, às custas do patrimônio da cidade. Neste último caso, van der Hoek dá a dica: “Fiquem de olho no Ebay”, em referência ao site de vendas online que abriga muitos objetos raros ou usados em produções de Hollywood. De acordo com o assessor, o banco deve ser reposto em algumas semanas.

Fonte: Portal G1

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados