Enquanto as temperaturas caem progressivamente aqui no Brasil, no hemisfério norte as expectativas são altas para o verão. A primavera chegou em meio a um melhor cenário frente às crises que muitos países enfrentaram e agora vão se recuperando. Saiba mais um pouco sobre as flores que agora florescem na Europa, trazendo consigo promessas de melhores tempos.

Nos jardins do Palácio de Buckingham, as tulipas coloridas completam o cenário majestoso. A primavera tem início na Europa quando o outono começa no hemisfério sul, no dia 21 de março e se estende até o dia 21 de junho. Apesar de, neste ano, a estação ter se iniciado com temperaturas baixas e nevascas no Velho Mundo, é na primavera que os jardins de vários locais que são cartões postais, como o Palácio de Buckingham, em Londres, o Jardim de Luxemburgo, na França e o Parque Keukenhof, na Holanda, se vestem de muitas cores, deixando as paisagens ainda mais lindas.

Na Inglaterra, por exemplo, apesar da instabilidade do clima, as temperaturas também são mais convidativas, especialmente em maio, quando costuma ter menos chuva do que os outros meses da primavera. Há quem diga que nessa estação, as cidades tem mais vida e até o humor das pessoas muda. O romantismo aflora em todos os sentidos. Todo inglês é um jardineiro em potencial e, por menor que sejam os espaços, os súditos da Rainha Elizabeth II conseguem transformá-los em jardins, onde predominam rosas, tulipas, amores-perfeitos, violetas, gérberas, jacintos, lirios do vale (os famosos “muguets”), e tantas outras flores belas e de perfume incomparável. As roseiras no Reino Unido são verdadeiros arbustos, grandes, altos e de um colorido intenso e raro, como não se vê por aqui.

Por conta desse verdadeiro caleidoscópio de cores, que substitui a dualidade entre os tons de cinza e branco predominantes no inverno, assim como as temperaturas baixas, o Velho Continente é bem procurado na primavera, especialmente nos meses de abril e maio.

Na Inglaterra, a jardinagem é assunto nacional, integrado à cultura inglesa. Em alguns jardins, como esse localizado no Regent´s Park, em Londres, os canteiros ou rosas recebem até substantivos próprios.

Consulte nosso catálogo de flores para todo o Reino Unido em nosso site, clicando aqui!

Fonte: Correio do Nordeste

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados