Claro que não teremos uma resposta direta a nesse nível. Mas há estudos que apontam para uma sensibilidade audível por parte de nossos belos amigos vegetais.

Se já é sabido, que as plantas reagem aos estímulos luminosos e se comunicam entre si, não seria possível que também fossem sensíveis ao som?
Apesar de pouco conhecido, alguns cientistas procuram evidências na área da Bioacústica com o argumento de ser provável a capacidade de perceber sons e vibrações que possa também ter evoluído nas plantas.

Pesquisadores da University of Western Austrália, graças a um poderoso equipamento, foram capazes de ouvir ruídos das raízes de mudas de milho. Mas foi na Bristol University que descobriram que, ao suspenderem raízes na água, as plantas cresciam em direção ao som, similar ao gerado pelas raízes de muda de milho e com frequência de 220Hz.
Drs. Heidi Appel e Rex Cocroft, cientistas da Universidade do Missouri, demonstram como as plantas podem ouvir os predadores.

Talvez uma sinfonia de Beethoven não cause muita impacto a uma planta, mas a aproximação de um inseto muda tudo. O som de mastigação de lagartas que foi reproduzido em suas experiências, Appel e Cocroft , fizeram as plantas reagirem com defesas químicas propagadas em suas folhas.
“Mostramos que plantas respondiam a um ‘som’ de relevância ecológica”, disse Cocroft.
Sendo assim, o que até agora temos é que as plantas escutam sons de relevância ecológica.

Então ao receber um arranjo de flores você pode dizer para ele o quanto ele está lindo e te faz feliz. :)

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados