Quem desembarca em São Tomé e Príncipe, na África, é abordado na saída do pequeno aeroporto pelos vendedores de flores com suas braçadas de helicônias e rosas-porcelanas, flores asiáticas tão bem adaptadas ao clima local que se tornaram um dos principais produtos de exportação do país. As duas flores estão entre os temas das coleções de peças de artesanato com a marca Uê Tela: são esculpidas em madeira e pintadas, enfeitando cabos de colheres de cozinha, pés de mesas e de bancos. Outros ícones da cultura santomense integram as coleções, lançadas em 2010 e 2013, conferindo-lhes identidade própria. Há cenas de pescaria, de peixes e outros animais marinhos, da folha da fruta-pão – que é símbolo do país e integra a culinária típica –, dos tons da terra, da mata equatorial, do céu e do mar, dos ladrilhos hidráulicos e dos lambrequins, que, respectivamente, revestem o piso e enfeitam as fachadas das casas antigas. São itens para casa, de papelaria artesanal, vestuário e acessórios de moda: cadernos, papéis e envelopes, jarras, bolsas e sacolas trançadas com a fibra da palmeira ulua, jogos americanos, caixas, bijuteria em coco e chifre. De acordo com os floristas, a flor mais procurada é a Rosa Porcelana, com foto acima.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone