Se sairmos às ruas para perguntar o que cada indivíduo acha ou sabe sobre o Dia Internacional da Mulher certamente encontraremos respostas muito diferentes. E pode ser que todas elas estejam corretas! Afinal, é o momento de celebrar a existência da mulher, o seu papel na sociedade e chamar a atenção para um passado propositalmente apagado, bem como para a desigualdade social ainda existente, realidade da qual muitas pessoas duvidam.

 

A mulher está presente na sociedade, obviamente, desde o início dos tempos. Porém, é mais comum que os ecos culturais falem somente a respeito dos feitos dos homens. Os principais fundamentos de termos atualmente um Dia Internacional da Mulher possuem suas origens do século XX, quando começou a se tornar mais frequente que as mulheres reivindicassem suas demandas, fossem às ruas e lutassem por direitos que lhes eram negados, como melhores salários, o direito ao voto e muitos outros. Esses movimentos, que começaram aproximadamente na segunda metade do século XIX, foram reprimidos com violência pela polícia.

 

O acontecimento mais famoso a respeito do Dia Internacional da Mulher foi no dia 25 de março de 1911, quando cerca de 145 trabalhadores – mulheres, em sua maioria – morreram queimados em um incêndio numa fábrica de tecidos em Nova Iorque. O fato foi um grande choque para a sociedade, especialmente no sentido de conscientizar a respeito da precariedade das condições de trabalho, mostrando, de uma forma trágica, que não era inteligente ignorar as reivindicações dos trabalhadores. Assim, em 1910, em uma conferência na Dinamarca, foi decidido que no dia 8 de março seria celebrado o dia da mulher. A ONU, no entanto, só reconheceu oficialmente essa data no ano de 1975.

Como as pessoas celebram o Dia Internacional da Mulher pelo mundo?

 

Cada país possui diferentes tradições. Na Itália, por exemplo, é comum presentear as mulheres em seu dia com flores, e mais especificamente com acácias mimosas amarelas. No Brasil e no Vietnã é bastante comum que as mulheres não ganhem presentes apenas do cônjuge, mas sim de seus chefes, amigos e familiares. Nos Estados Unidos o dia 8 de março significa também ser dia de usar batom vermelho, que representa força, resistência e empoderamento.

Se você conhece alguma mulher especial que vive longe e deseja presenteá-la no Dia Internacional da Mulher, é interessante conhecer a tradição do país no qual ela reside. Uma vez escolhido o presente, é possível solicitar facilmente o seu envio, que pode ser feito de um a três dias. Isso acontece porque várias empresas tomaram nota das demandas intercontinentais de presentes e lembranças em datas comemorativas, optando assim por viabilizar que pessoas em todo o mundo se sintam especiais em seu dia, mesmo que essa lembrança tenha vindo do outro lado do mundo. Sobre o dia da mulher, a recomendação número um é não deixar passar em branco. Afinal, foram séculos de luta e muitos sacrifícios para que se chegasse até aqui, e ainda falta muito a ser feito em termos de conscientização, empoderamento e igualdade de gênero.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Posts Relacionados